Hoje em Carrossel (11/04/13): Olívia questiona Jaime, que recusa a brincadeira

Banner Carrossel

Margarida diz que gostou da apresentação de Cirilo. O menino pergunta se ela acha que Maria Joaquina também gostou. Margarida diz que a patricinha foi grossa com ele. Cirilo diz que não liga e que Maria Joaquina apenas disfarça. Com a ajuda de Kokimoto, Paulo apronta mais uma vez com Cirilo. Kokimoto diz para Cirilo falar com a diretora Olívia, pois Paulo será expulso e se isso acontecer, sua avó de 181 anos morrerá de ataque cardíaco. Cirilo fica preocupado e decide contar tudo para Olívia. Na sala da diretora, Cirilo, sempre inocente, conta a história maluca para Olívia. A diretora tenta explicar que ninguém no mundo nunca chegou aos 181 anos. Cirilo pergunta para ela: “mas nem a senhora? Querida, diretora”. Olívia fica transtornada e expulsa Cirilo de sua sala. A mãe de Rafael, avó de Jaime e Jonas, visita a casa dos Palillo. Os meninos querem saber como era o pai na infância, mas o mecânico desconversa e não deixa sua mãe responder. A avó de Jaime o leva pra dormir. No quarto sozinhos, ela revela que Rafael tirava nota baixa e sempre aprontava na escola. Jaime fica encantado com as histórias de travessuras de seu pai. No outro dia, na escola, Valéria conta que a dívida foi paga e eles não vão mais perder o apartamento. Jaime conversa com Paulo, e inspirado pelas travessuras do pai, sugere que soltem aranhas pelo pátio para assustar as meninas. Paulo adora a ideia. A aula começa, Jaime pede pra ir ao banheiro e decide aprontar outra coisa inspirada em seu pai.

Ele pega um ovo no quarto de Firmino e coloca na sala da diretora, na cadeira de Olívia. Graça vai limpar a sala de Olívia e acaba caindo na armadilha de Jaime. Ela senta na cadeira da diretora e fica toda suja de ovo. Olívia entra na sala e pergunta o que ela está fazendo em sua mesa. Graça fica paralisada e pede desculpa para a diretora, ela diz que não aguentou ir ai banheiro e que estava com dor de barriga. Ao ver a cadeira, a diretora percebe que se trata de um ovo e que é uma travessura para atingi-la. Olívia fica brava e diz ter certeza que foi alguém do terceiro ano. Ela vai à sala da professora Helena gritando e perguntando quem foi o responsável. Helena pergunta o que aconteceu. Olívia berra e diz que sofreu um atentado. A diretora exige que o responsável se entregue.

Olívia faz Graça ficar de costas para expor o estrago que o ovo causou. Jorge diz para a diretora que poderia ter sido qualquer um da sala, menos ele e Maria Joaquina. Olívia questiona Jaime, que nega alegando que estava na sala o tempo todo. Jorge interfere e diz que Jaime saiu da sala para ir ao banheiro. O menino desconversa. Firmino vê em sua casa um bilhete escrito ‘vale um ovo’ e se pergunta quem pegaria um ovo. Helena diz que acha que ninguém de sua turma seria capaz de cometer tal ”arte”. Olívia diz que dará um voto de confiança para o terceiro ano, mas que não desistirá de encontrar o culpado.

Anúncios

Deixe a sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s